Tuesday, 6 August 2013

Um tipo raro de igreja...


Igrejas proprietárias

St John's Church, Hampstead 
Há muitas igrejas em Londres, mas o mesmo não pode ser dito sobre as Capelas Proprietárias. Essas igrejas são distintas na medida em que são de propriedade privada. Foram construídas por iniciativa privada quando muitos perceberam que havia dinheiro para ser utilizado na caridade, então em moda. Na verdade, elas se tornaram empresas muito bem-sucedidas, recolhendo rendas do aluguel dos bancos-caixa da igreja e dos túmulos. Também eram licenciadas para as rezas e pregações, mas não para a Sagrada Comunhão. Atualmente, as igrejas operam a partir de ofertas, o que significa que sua existência depende apenas de suas congregações ou benfeitores ricos. Essas capelas tornaram-se uma raridade.


A questão principal é a da propriedade. A Igreja da Inglaterra divide-se em paróquias e quase todas são propriedades privadas através dos vigários. No entanto, benfeitores individuais, como por exemplo, grandes proprietários de terras, criaram igrejas proprietárias quando a principal igreja paroquial estava a alguns quilômetros de distância. Estes proprietários financiavam a igreja e o clero. Portanto, tais igrejas eram livres das responsabilidades de uma paróquia. Muitas delas foram, mais tarde, adotadas como igreja paroquial, como no caso do aumento da população em Regency London, quando mais igrejas foram necessárias para atender o número crescente de pessoas. Quando a Igreja da Inglaterra absolveu as igrejas proprietárias, muitas vezes eram os residentes locais que arrecadavam dinheiro para pagar parte dos custos do seu funcionamento.

Interior do St John's Church, Hampstead 
A Igreja de São João em Hampstead (Greater London) é, sem dúvida, uma das últimas, se não a última, em Londres. Foi fundada em 1813 e criada por um trio de fazendeiros, considerada indicativo dessas igrejas financiadas privadamente. Uma vez concluída em 1823, ela se ampliou rapidamente como resultado do crescimento da população, também com a estreita associação que se estabeleceu com uma escola local e a prevalência do trabalho missionário cristão. O prédio (listado como Grade I) é bastante impressionante com seu Regency stucco, a fachada pintada de branco e um pórtico dórico, enquadra a entrada do lado de fora, enquanto o interior apresenta exemplos originais de um dos poucos bancos-caixa de madeira na Inglaterra.

Nos dias de hoje, como uma igreja proprietária, São João mantém a independência financeira, mas é reconhecida como pertencente à London Diocese da Igreja da Inglaterra. Pode-se deduzir que essas igrejas realmente só podem ser autossuficientes e totalmente operacionais em áreas onde a congregação pode apoiá-las ou benfeitores individuais estejam interessados ​​em mantê-las. Indiscutivelmente, este único tipo de igreja é muito raro encontrar nos dias de hoje.

No comments:

Post a Comment